Your browser does not support JavaScript!
Campanha Nacional TSH 2017

Campanha Nacional TSH 2017

Diz não ao Tráfico de seres humanos» e «Não te cales». Saiba mais em

Monitorizar o TSH

Monitorizar o TSH

Relatórios

Cartão de Sinalização

Cartão de Sinalização

Como sinalizar e o que fazer

Skip Navigation LinksOTSH > Notícias > Reunião Final do Projeto Time for Needs Listening, Healing, Protecting
OTSH presente na Reunião Final do Projeto Time for Needs: Listening, Healing, Protecting - CPR
Publicada em 27-10-2017 00:00
 O objetivo geral do projeto consistiu em contribuir para a identificação das necessidades especiais das vítimas de tortura e de violência extrema, em particular de mulheres e de crianças, no âmbito do procedimento de asilo bem como das condições de acolhimento. O projeto visa, igualmente, promover a harmonização dos padrões de proteção na União Europeia (UE) relativos a este grupo vulnerável.
O projeto visou alcançar os seguintes objetivos específicos:
1. Partilha de conhecimento sobre as disposições legais e a prática nos 6 países participantes relativas à identificação, garantias processuais e condições de acolhimento do grupo-alvo, bem como a identificação de eventuais lacunas entre o disposto nas Diretivas da UE e as disposições legais nacionais.
2. Promover a troca de informação entre as organizações participantes, e entre estas e outros atores, incluindo instituições de asilo e agentes políticos, bem como a identificação de boas-práticas no domínio dos procedimentos de avaliação e na resposta às necessidades especiais do grupo-alvo.
3. Desenvolver as competências específicas de atores-chave envolvidos na avaliação das necessidades especiais do grupo-alvo em Portugal e nos demais países participantes.
4. Promover critérios e métodos comuns de avaliação da vulnerabilidade para efeitos de garantias processuais e de condições de acolhimento.
5. Elevar o nível das garantias processuais e dos serviços de acolhimento diferenciados para o grupo-alvo em Portugal e nos demais países participantes, através do desenvolvimento de indicadores e de ferramentas, a troca de boas-práticas e ações de sensibilização política.​
6. Sensibilizar e promover o conhecimento geral sobre as necessidades especiais dos sobreviventes de tortura e sobre as correspondentes obrigações dos Estados membros da UE.
Saiba mais em http://refugiados.net/1cpr/www/projectos.php 
Serviços
Portal
Unidade
Portal